RÁDIOS
Três Lagoas, 22 de julho

Empresa Raboni assume o transporte coletivo em Três Lagoas

Três Lagoas está sem o serviço de transporte público desde o início do ano

Por Ana Cristina Santos
11/11/2021 • 06h20
Compartilhar

A Empresa Raboni Transportes, com sede em Três Lagoas, foi contratada pela prefeitura para prestar o serviço de transporte coletivo de passageiros na cidade.

O extrato do termo de autorização precária para a prestação do serviço público foi publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (11).

A empresa terá 11  veículos  em operação e três reservas, sob o planejamento, organização, direção, coordenação, controle e fiscalização da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito , por meio do Departamento de Trânsito.

JPNEWS: BANNER FAMÍLIA É TUDO 14.05 A 23.12.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O termo de autorização terá prazo de duração de 180 dias, a contar do recebimento da Ordem de serviço. O valor do contrato não foi divulgado.

O serviço do transporte público em Três Lagoas foi suspenso pela prefeitura no início do ano passado devido a pandemia da Covid-19. No início deste ano, a empresa Três Transportes voltou a operar, mas alegou ser inviável manter a operação em Três Lagoas, devido à redução no número de passageiros. Em abril deste ano, o serviço deixou de ser feito, logo depois, a prefeitura rompeu o contrato com a empresa, e abriu nova licitação para contratação de empresa.

Na primeira convocação, realizada em agosto, apenas duas empresas manifestaram interesse, no entanto, foram inabilitadas no quesito documentação. Diante disso, a prefeitura abriu um novo chamamento público para contratação emergencial de empresa interessada em explorar o transporte público pelo prazo de 180 dias, podendo ser prorrogada durante mesmo período, até que um novo processo licitatório com um novo estudo de linhas de ônibus, estrutura entre outras especificidades, possa ser aberto.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas