RÁDIOS
Três Lagoas, 28 de fevereiro

Idoso de 93 anos ainda vende picolés e afirma: 'também é uma forma de me distrair'

Severiano Manoel mora há 40 anos em Três Lagoas e trabalha vendendo picolés nas ruas há 30 anos

Por Sidney Cardoso
01/12/2023 • 13h11
Compartilhar

Severiano Manoel da Silva é um exemplo de que os brasileiros estão vivendo mais. Aos 93 anos, ele esbanja saúde e vitalidade. Severiano mora há 40 anos, em Três Lagoas, e trabalha vendendo picolé nas ruas da cidade há 30 anos.

Ele conta que já passou dos 100 anos, porém, os documentos pessoais constam que ele nasceu em 1930. O idoso se mudou da Bahia para Mato Grosso do Sul em busca de emprego. Nos últimos dias, seo Severiano ficou impossibilitado de vender picolé porque foi roubado dentro de casa.

Apesar de anos de trabalho, ele não é aposentado, apenas recebe um benefício previsto na Lei Orgânica da Assistência Social. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a expectativa de vida do brasileiro aumentou. Em 2022, chegou a 75,5 anos, em comparação a 2021, que era de 72,8 anos.

Saiba mais na reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas