RÁDIOS
Três Lagoas, 28 de fevereiro

Indústria atinge 30 milhões de toneladas de celulose em Três Lagoas

A indústria de celulose movimenta a economia no município

Por Sidney Cardoso
02/01/2024 • 13h36
Compartilhar

A indústria de celulose em Três Lagoas fechou o ano de 2023 com um marco histórico. Em 14 anos de operação em Mato Grosso do Sul, a empresa Suzano Papel e Celulose atingiu em dezembro do ano passado a marca de produção de 30 milhões de toneladas de celulose.

Com esse marcada, Três Lagoas lidera o ranking nacional de plantio de eucalipto. No município, são mais 267.993 árvores plantadas destinadas para produção de celulose. Este recorde coloca a unidade da Suzano em Três Lagoas como a primeira do mundo a alcançar esse marco em tão pouco tempo.

Para chegar a este marco, a Suzano colheu 100 milhões de metros cúbicos de madeira, o que equivale a algo em torno de 500 milhões de eucaliptos plantados pela companhia ao longo de quase duas décadas.

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 23.02.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mato Grosso do Sul é o 3º maior produtor de eucalipto do país, perde apenas para Minas Gerais e São Paulo.  Os dados são do censo agropecuário 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A indústria de celulose movimenta a economia no município.

A Suzano possui, aproximadamente, 70 mil hectares de terras no estado, áreas onde há plantios de eucalipto em idades variadas. A companhia foi uma das primeiras do setor apostar no potencial da região para silvicultura e a indústria de celulose.

Em 2009, quando a indústria chegou em Três lagoas eram cerca de dois mil postos de trabalho, os anos passaram e a expectativa para o futuro é gera nove mil posto de trabalho direto e indireto no estado.

Atualmente, a Suzano mantém uma base florestal de 599.996 hectares de florestas plantadas de eucalipto e nativas em mato grosso do sul. deste total, 143.129 hectares são exclusivamente para a conservação da biodiversidade.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas