Três Lagoas, 09 de dezembro
27º C
(67) 99229-0519

Lideranças de Três Lagoas precisam estar 'unidas'

Leia a Coluna Observatório do Jornal do Povo, na edição deste sábado (12)

Por Redação
13/11/2021 • 06h30
Compartilhar

REPRESENTATIVIDADE
Nesta semana, o deputado estadual Eduardo Rocha (MDB) anunciou o afastamento da Assembleia Legislativa para assumir um cargo no governo do Estado. Há 36 anos Três Lagoas não tem nenhuma pessoa da cidade ocupando o cargo de secretário no governo estadual. Sem sombra de dúvidas, é importante a cidade ter representante no governo. Mas, também importante Três Lagoas aumentar sua representatividade na Assembleia Legislativa, onde já chegou a ter três deputados estaduais, agora não terá nenhum. 

CONSCIÊNCIA 
2022 é ano de eleição, e as lideranças de Três Lagoas precisam se atentar para a importância da união. É preciso haver conscientização por parte das principais lideranças sobre condições e como chegar na Assembleia, sob pena de Três Lagoas continuar sem nenhum deputado estadual. Pela relevância da cidade e região, também precisa ter deputado federal.

NO PL
O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou que irá se filiar ao PL (Partido Liberal). A ficha de filiação será assinada dia 22 de novembro.

DEBANDADA
Com a definição do partido que Bolsonaro vai se filiar, resta saber agora, quais vereadores e deputados estaduais de MS vão seguir o presidente no PL.  Defensor de Bolsonaro, o vereador de Três Lagoas, sargento Rodrigues, deve ir para o PL.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews