TRÊS LAGOAS

Três Lagoas, 05 de agosto
22º C
(67) 99229-0519
JPNEWS: SUZANO

Para presidente da Câmara, 2018 foi um ano mais produtivo do que difícil

Presidente do Legislativo faz relato de atividades de vereadores em 2018

Por Valdecir Cremon
29/12/2018 • 08h36
Compartilhar

Um ano mais produtivo do que difícil. É a conclusão do presidente da Câmara de Três Lagoas, vereador André Bittencourt (PSDB), sobre o trabalho desenvolvido em 2018, apesar do fortalecimento da oposição ao governo municipal no segundo semestre. "É o trabalho dos vereadores", disse.

"A Câmara é um Poder independente. E nós estamos ali para defendermos os interesses da população", disse Bittencourt sobre a rejeição de projeto do Executivo que previa reajuste para o IPTU de 2019. "Não é momento para reajuste", disse.

Sobre a rejeição de um projeto autorizativo para a prefeitura contrair empréstimo de R$ 240 milhões destinados a obras de drenagem, o presidente da Câmara disse que "não foram passadas informações completas aos vereadores". A declaração fez referência a  dados  como taxa de juros, prazo de pagamento e em quais bairros da cidade os recursos seriam utilizados. 

"Um dos projetos contém uma planilha de julho deste ano. Se o projeto estava pronto desde julho, por que foi enviado somente agora à Câmara?", disse.

Apesar da rejeição das duas matérias, Bittencourt disse que os vereadores "estão dispostos a realizar sessões extraordinárias a qualquer momento" para apreciação das pautas. "Se houver um projeto que se encaixe na vontade da população, a Câmara vai votar e aprovar. E faço questão de citar que os vereadores não recebem nada extra para trabalhar nas sessões extraordinárias", acrescentou. 

"Essa Câmara é muito atuante em número de sessões, de projetos, indicações e requerimentos dos vereadores. E ainda estamos economizando de nosso orçamento, tanto que devolvemos R$ 650 mil à prefeitura, com indicação de uso em reformas no Batalhão da Polícia Militar. Agora, isso vai depender do prefeito [Ângelo Guerreiro, PSDB]. Como produtividade, Bittencourt também citou a realização de audiências públicas e a busca de soluções de problemas de todos os setores da administração. "Foi um ano de muito trabalho, mas muito bom em resultados", disse. 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas

VEJA MAIS