Três Lagoas, 28 de setembro
30º C
(67) 99229-0519

Saúde alerta para subnotificação de LER em trabalhadores de Três Lagoas

Falta de notificações compromete ações de combate e prevenção da Vigilância em Saúde do Trabalhador

Por Tatiane Simon
03/08/2021 • 15h00
Compartilhar

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por meio da Vigilância em Saúde do Trabalhador alerta para as subnotificações no município referente às lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), danos estes decorrentes do uso excessivo e da falta de tempo para recuperação do sistema musculoesquelético.

De acordo com o setor de Saúde do Trabalhador, a subnotificação acaba gerando dificuldade em promover uma ação preventiva mais eficaz no trabalho de prevenção às doenças. As notificações devem ser feitas por profissionais de saúde, através da Ficha de Investigação do SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação). Entretanto, neste ano, até o mês de julho o setor recebeu apenas uma notificação.

Nos últimos 10 anos, em Três Lagoas foram notificados 91 casos no SINAN, porém esses indicadores não retratam a realidade. Outro fator que contribuiu para a subnotificação foi a chegada da pandemia.

SINTOMAS

Os sintomas mais frequentes de LER/DORT são: dor, dormência, sensação de peso e fadiga dos membros superiores, que aparecem vagarosamente, podendo ser ao mesmo tempo ou não. Frequentemente, causam incapacidade laboral temporária ou permanente.

CAUSAS

Na maioria das vezes a doença é ocasionada por conta da postura exigida pelas tarefas, fatores ambientais como a temperatura extrema, ruído, dimensões do posto de trabalho, vibrações, pressões mecânicas, logística de trabalho incorreta, coação para aumento da produtividade e também, posturas viciosas e inadequadas ou mantidas, carga mecânica musculoesquelético elevada e invariabilidade da tarefa.

Vale ressaltar que em caso de suspeita de LER e DORT, deve-se procurar um médico logo no início de qualquer desconforto. O diagnóstico e o tratamento precoces evitam que as lesões evoluam e se tornem crônicas, necessitando de tratamentos mais agressivos e até mesmo cirúrgicos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS