Três Lagoas, 18 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

Três Lagoas terá primeiro índice de Aedes aegypti no ano

Combate ao mosquito passa pelo levantamento de infestação na cidade

Por Valdecir Cremon
07/01/2018 • 07h51
Compartilhar

O Setor de Controle de Endemias de Três Lagoas está preparando o primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (Lira) deste ano, previsto para o período desta segunda-feira, dia 8, até sexta, 12. O objetivo “nortear as principais ações de combate ao vetor da dengue, chikungunia e Zika virus, o mosquito Aedes aegypti”, observou o coordenador da área, Alcides Divino Ferreira.

O último levantamento de infestação foi realizado na primeira semana de novembro de 2017 e  indicou 0,5% de infestação do mosquito. Segundo Ferreira, o índice é considerado satisfatório, de acordo com critérios do Ministério da Saúde.

O coordenador ressaltou a importância de controle de criadouros do mosquito. “Infelizmente, constatamos que mais de 80% dos focos, criadouros do mosquito, são residenciais, passíveis de eliminação, como: bebedouros de animais, vasos de plantas e até pequenas tampinhas de garrafas de plástico”, alertou.

JPNEWS: CONQUISTA SEGUROS BONIFICAÇÃO CONTRATO 37546
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MONITORAMENTO
O Departamento de Vigilância Epidemiológica mantém atualizado o monitoramento da dengue, através de um boletim semanal.

Em dezembro de 2017, foram notificados 15 novos casos de dengue, sendo confirmado apenas um caso positivo e 14 negativos.

No ano, Três Lagoas registrou 606 casos notificados 25 casos confirmados de dengue. Desse total, 579 já obtiveram resultado negativo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS