RÁDIOS
Campo Grande, 22 de julho

"A fome é o principal chamado", afirma diretor da Fraternidade Sem Fronteiras

Com 12 anos de fundação, entidade leva alimentos e esperança para mais de 150 crianças e adolescentes em situação de extrema pobreza no Congro

Por Thais Cintra
15/11/2021 • 12h32
Compartilhar

Celebrando 12 anos de existência, a organização solidária Fraternidade Sem Fronteiras (FSF), lança um projeto de ajuda humanitário voltado para crianças e adolescentes em situação de rua e vulnerabilidade que vivem na República Democrática do Congo nesta segunda-feira (15). Durante entrevista à Rádio CBN Campo Grande, o diretor da instituição na Capital, Paulo Melo, destacou o importante trabalho realizado pelos voluntários em diversas outras regiões de extrema pobreza.

“Não temos bandeira religiosa ou política e os convocados atuam como voluntários em vários países. Na guerra civil do Congro, os pais são mortos e as crianças, partes mais frágeis acabam ficando órfãs. O que nos faz acessar esses locais são as situações de miséria e fome, porque as crianças ficam na rua sem família, ao relento. A fome é o principal chamado”, explicou.   

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O país possui atualmente cerca de 86 milhões de habitantes com milhões de crianças que vivem em situação de vulnerabilidade. Ao todo, 16 mil padrinhos auxiliam no atendimento de 21 mil em todo o mundo. “ Com contribuições mensais de R$ 50 a gente consegue transformar a vida de várias crianças. Visamos a quantidade de acordo com os apadrinhamentos”, destacou. 

Esse é o 11º evento solidário que da organização. "Cada local tem sua particularidade mas carências são semelhantes em qualquer lugar do mundo, tanto no Brasil quanto na África. Entramos com a alimentação quando a criança está na fase escolar. O objetivo é formar centros de acolhimento para abriga-los. Uma das missões da FSF é levar cuidados para quem precisa.”, disse Paulo.

Para conhecer mais o trabalho da organização Fraternidade Sem Fronteiras acesse o link: https://www.fraternidadesemfronteiras.org.br/a-organizacao-vai-criar-e-administrar-o-11-projeto/

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande