RÁDIOS
Campo Grande, 18 de junho

Após agredir segurança, mulher volta armada à boate e é presa pelo Choque

Confusão começou após mulher querer sair do estabelecimento sem pagar a comanda de consumo

Por Fernando de Carvalho
25/05/2024 • 11h30
Compartilhar

Na madrugada deste sábado (25), uma mulher armada causou tumulto em uma boate na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. A equipe do Choque da Polícia Militar foi acionada pelos seguranças do local após a mulher se recusar a pagar a conta e agredir um dos funcionários.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher, que se identificou como dentista, estava alterada e se recusava a deixar a boate sem pagar a conta. Um segurança da casa imobilizou a mulher e pediu auxílio para uma outra segurança do estabelecimento, no momento em que a dentista se desvencilhou e agrediu a segurança com socos no peito e no rosto.

Em seguida, a mulher saiu da boate e retornou minutos depois portando uma arma de fogo calibre .357. Os seguranças da boate conseguiram desarmar a mulher e algemá-la, mas antes da chegada da equipe do Choque, ela conseguiu se livrar das algemas.

Quando os policiais do Choque chegaram e imobilizaram novamente a vítima, um homem, que se identificou como amigo da mulher, começou a desacatar os policiais com xingamentos e ameaças. Ele também resistiu à prisão e precisou ser imobilizado.

Na delegacia, o homem disse que sua irmã trabalhava com um desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e que recorreria a ela.

A mulher e o homem foram conduzidos para a Depac Cepol e até o fechamento desta reportagem a Polícia Civil não informou se a dupla segue presa.
 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande