RÁDIOS
Campo Grande, 22 de julho

Bando sequestra e fuzila adolescente interno da UNEI na fronteira

Cabeça do menor foi dilacerada pelos disparos e corpo foi abandonado

Por Carlos Monfort, de Ponta Porã
30/11/2021 • 08h30
Compartilhar

Agindo com requintes de violência e brutalidade, fortemente armado, um bando composto por pelo menos seis pessoas invadiu, sequestrou e fuzilou o adolescente Wesley Agostinho da Silva, de 17 anos, na madrugada desta terça-feira (30). Ele era interno da UNEI (Unidade Educacional de Internação).

Ele foi atingido por dezenas de tiros de fuzil na cabeça, que foi dilacerada pelos disparos. O adolescente foi sequestrado da Unei (Unidade Educacional de Internação) Mitai, na Avenida Tamandaré, bairro Manoel Padial, momentos antes de ser executado.

Cumprindo medida socioeducativa na unidade, Wesley foi retirado do centro de reabilitação pelo bando, que imobilizou os agentes da Unei com uma fita preta, a mesma que foi usada para amarrar a vítima. O rapaz foi encontrado morto na Rua das Flores, a cerca de 3,7 km da unidade socioeducativa.

Wesley estava apreendido desde o dia 19 de dezembro, quando foi flagrado pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) com um fuzil, uma pistola 9 mm, luvas e cinco toucas ninjas. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande