Campo Grande, 26 de outubro
23º C
(67) 99229-0519

Cinco pessoas são executadas na fronteira com o Paraguai

Vereador brasileiro e filha do governador de Amambay estão entre vítimas

Por Carlos Monfort/Giovanna Dauzacker
09/10/2021 • 11h11
Compartilhar

O fim de semana começou mais violento que o normal na fronteira entre Brasil e Paraguai. Nessa sexta-feira (8) e sábado (9), quatro pessoas foram executadas, entre elas, um vereador e a filha do governador de Amambay.

O primeiro caso aconteceu ontem, no lado brasileiro. O comerciante e vereador Farid Afif foi fuzilado no centro de Ponta Porã, enquanto pedalava. O crime aconteceu entre as ruas Duque de Caxias e Dom Pedro I, perto de uma concessionária de veículos. Ele foi alvejado por vários disparos de ama de fogo, a maioria na cabeça, e caiu na calçada da loja.  

No outro lado da fronteira, em Pedro Juan Caballero, a filha do governador de Amambay, Haylée Carolina Acevedo, de 21 anos, e mais três pessoas foram alvejadas com mais de 50 tiros na manhã deste sábado.Farid foi eleito pela segunda vez com 961 votos pelo Democratas, era líder do prefeito Hélio Peluffo na Câmara Municipal e dono de uma conveniência no centro da cidade.

O outro identificado é Omar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos. Outras duas mulheres estavam com eles dentro do carro quando foram atacados por pistoleiros.

Segundo informações publicadas pelo site paraguaio ABC Color, informações da investigação mostram que o homem, supostamente, estava ligado ao tráfico de drogas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande