RÁDIOS
Campo Grande, 19 de maio

Com mais sete mortes, sobe para 35 o número de óbitos por H3N2 em MS

Do total de novas vítimas, quatro tinham comorbidades

Por Giovanna Dauzacker
18/01/2022 • 13h30
Compartilhar

Em 24h, a influenza A H3N2 fez mais sete vítimas em Mato Grosso do Sul. Agora, o Estado contabiliza 35 óbitos pela doença, conforme informações divulgadas no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Dos novos óbitos, duas pessoas morreram no dia 14 de janeiro, uma mulher, de 45 anos, que morava em Bela Vista e tinha doença neurológica crônica, e um homem, de 25 anos, douradense, que não possuía comorbidades.

No dia 15, dois homens sem comorbidades, um de 59 anos, que residia em Rio Verde de Mato Grosso, e outro, morador de Corumbá, de 20 anos de idade, morreram em decorrência da H3N2.

No dia seguinte, 16 de janeiro, aconteceram mais três mortes. Três mulheres, uma de 63 anos, de Camapuã, que tinha pneumopatia crônica, a segunda, de Campo Grande, de 104 anos, que tinha senilidade e a terceira, também da Capital, de 91 anos, com doença cardiovascular crônica.

O Estado também tem mais 20 casos de influenza e soma 264 confirmações.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande