RÁDIOS
Campo Grande, 19 de julho

Com posse de Paulo Duarte, Corumbá passa a ter 2 cadeiras no Legislativo Estadual

Ex-prefeito da cidade entra no lugar de Eduardo Rocha, que apesar de ser do MDB, aceitou cargo no governo estadual

Por Rodolfo César, de Corumbá
30/11/2021 • 10h30
Compartilhar

Corumbá passará a ter dois deputados estaduais a partir desta sexta-feira (3), com a posse do suplente do MDB Paulo Duarte. O ex-prefeito de Corumbá (2013-2016), que concorreu na eleição de 2020 para o Executivo municipal, vai assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa na vaga deixada por Eduardo Rocha (MDB). O outro deputado da Capital do Pantanal é Evander Vendramini (PP).

Rocha, marido da senadora Simone Tebet (MDB), aceitou convite para assumir cargo no governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), o que abriu caminho para Paulo Duarte voltar à Assembleia. O deputado será secretário de governo.

Com isso, Paulo Duarte, que já foi deputado estadual no mandato 2006-2010 e 2010-2014, na época pelo PT, terá pouco mais de um ano para assumir pela terceira vez uma cadeira no legislativo estadual.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A confirmação da posse de Paulo Duarte foi dada pela presidência da Assembleia, que divulgou convite. O evento está marcado para acontecer às 8h30, no Plenário Deputado Júlio Maia, na Assembleia. Esta é a 11ª legislatura.

Sobre a posição que Paulo Duarte vai assumir na Casa de Leis, oposição ou situação, ainda não está totalmente claro. Como integrante do MDB, ele tenderia a ser oposição ao governo estadual. Afinal, o partido de André Puccinelli prevê lançar candidatura própria ao Executivo estadual em 2022, rivalizando com o PSDB. Porém, ele só assumiu o cargo com a saída de Eduardo Rocha para integrar o atual governo.

Com a saída de Eduardo Rocha, haverá vagas abertas nas Comissões de Constituição, Justiça e Redação (uma das mais importantes), Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia; Serviços Públicos, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração; Controle da Eficácia Legislativa e Legislação Participativa; além da Assistência Social e Seguridade Social. Em todas essas, Rocha era titular.

O MDB na Assembleia ainda tem os deputados Marcio Fernandes e Renato Câmara.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande