RÁDIOS
Campo Grande, 19 de julho

Embriagado, homem mata esposa e filho de 7 anos a tiros

Para defender a mãe, criança entrou na frente da mulher e foi alvejada com dois disparos

Por Carlos Monfort, de Ponta Porã
06/12/2021 • 09h00
Compartilhar

Maurílio Arcanjo, de 62 anos, matou a tiros a mulher, de 37 anos, e o filho de 7 anos na noite deste domingo, no bairro Kamel Saad, em Ponta Porã. Desesperado para salvar a mãe, a criança pulou na frente dela e foi atingido com dois disparos. Após os disparos, o homem tentou se suicidar, porém sem sucesso.

Segundo registro da ocorrência, os vizinhos da residência acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) após ouvirem os disparos. À polícia, eles disseram que as brigas entre a mulher, identificada como Aline, e o homem eram constantes. Ao chegar na residência, os socorristas encontraram Maurílio agonizando numa poça de sangue com ferimentos no tórax. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional da cidade, passou por cirurgia e está em estado grave.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrências, os disparos foram feitos com revolver calibre 38. Ao adentrar a residência na procura por outras vítimas, os socorristas encontraram os corpos da mãe e do filho, já sem vida, em cima da cama.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Relação violenta

Testemunhas relataram que Maurilio costumava brigar muito com Aline. Que após a chegada da perícia, foi constado que Aline foi vitimada por 5 disparos na região do tórax e o filho, David, com 2 disparos no tórax com resquícios de queimaduras em sua pele na região das perfurações.

O homem já possui passagens criminais por porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal dolosa e ameaça (violência doméstica). Conforme apurado pela polícia, o autor teria chegado em casa embriagado na madrugada e passado a discutir com a esposa, e o filho para defender a mãe, entrou na frente quando o pai efetuou os disparos e matou ambos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande