RÁDIOS
Campo Grande, 16 de junho

Enxadristas de MS conquistam medalhas e vagas para competições internacionais

Competição no Rio Grande do Norte reuniu 15 atletas sul-mato-grossenses, a sétima maior delegação do evento

Por Redação CBN-CG
21/05/2024 • 07h30
Compartilhar

Jovens enxadristas de Mato Grosso do Sul conquistaram resultados expressivos no campeonato de xadrez do Festival Nacional da Criança (Fenac) e Festival Nacional da Juventude e Juvenil (Fenaj), realizados em Natal (RN) entre os dias 15 e 20 de maio. A competição reuniu mais de 300 participantes de 22 estados brasileiros, disputando nas categorias sub-6 a sub-20.

A delegação sul-mato-grossense, composta por 15 atletas, foi a sétima maior do evento e se destacou pela garra e talento dos seus enxadristas. Destaque especial para Mariana Yassuda, que se sagrou campeã do ritmo clássico e garantiu vaga no Campeonato Mundial, além de conquistar o título de Mestre Nacional (MN) e vaga para o Pan-Americano.

No sub-16 absoluto, Arthur Neres, do projeto Xadrez do Futuro, garantiu o quinto lugar, enquanto Jamilly Maciel conquistou a medalha de prata no ritmo blitz

Jamilly Maciel, de 15 anos, É natural de Corumbá, pratica xadrez desde os seis anos de idade e reconhece a importância do Programa MS Desporto Escolar (Prodesc) em sua trajetória. “Eu sempre tive muita dificuldade em participar de torneios, porque eu moro em uma cidade muito pequena que fica longe da maioria das cidades que tem torneio. O Prodesc tem sido muito importante, pois me auxilia a participar dos torneios fora do estado e também ajuda a me preparar para eles", ressalta a enxadrista.

O professor Marcelo Simões, supervisor do projeto Xadrez do Futuro, comemora os resultados positivos e destaca o trabalho realizado desde 2021 para fomentar a modalidade no estado. “Em 2021 eu criei o projeto xadrez do futuro, com o objetivo de nortear todas as ações do Prodesc relacionadas ao xadrez. Hoje os nossos atletas do Prodesc já participaram de competições nacionais e internacionais, como o sul-americano e o pan-americano. E, em todas as competições, nós conseguimos resultados extremamente positivos com os nossos atletas”, destaca o professor.

Os três melhores atletas de cada categoria garantiram classificação para o Festival Pan-Americano, nos dias 14 a 20 de julho, em Orlando, nos Estados Unidos; no campeonato Sul-Americano de 1º a 13 de dezembro no Uruguai e para as duas etapas do Mundial, a primeira em Florianópolis, e a segunda na Itália, nos meses de outubro e novembro. 

*Com informações da Fundesporte

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande