RÁDIOS
Campo Grande, 19 de abril

Fevereiro Laranja é campanha permanente de conscientização à leucemia e doação de medula óssea

Doença afeta todas as faixas etárias

Por Karina Anunciato
29/02/2024 • 10h00
Compartilhar

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a estimativa é de que no Brasil surjam mais de 11 mil novos casos de leucemia, por ano, até 2025.

A doença é um tipo de câncer hematológico caracterizado pelo crescimento descontrolado e maligno de leucócitos ou seus precursores, no sangue ou na medula óssea.

Nesta quinta-feira (29), dentro do Jornal CBN CG, a oncologista pediátrica, Paola Stella Wanderley de Oliveira falou sobre prevenção, sinais e tratamento da doença. 

CBN: BANNER 01 KAMPAI 11.04 A 30.04.2024 DIAS ÍMPARES
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com quase 20 anos de profissão e 7 anos na oncologia pediátrica, a médica destacou a importância do diagnóstico precoce. “Quanto mais cedo identificar, mais chances de cura”.

Segundo ela, fatores genéticos e ambientais tem influenciado cada vez mais no aumento de casos. "O estilo de vida, a alimentação, a alta exposição a ondas e frequências tem influenciado bastante".

Embora, haja um ideia de que as crianças são as mais afetadas pela doença a especialista explicou que a leucemia pode atingir pessoas de qualquer idade ou sexo. “Em se tratando de faixa etária, os idosos são os mais afetados”. Acompanhe a entrevista completa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande