RÁDIOS
Campo Grande, 15 de julho

Frio afasta consumidores e lojistas usam criatividade para manter as vendas

Empresária Angélica Jacobi espera aumentar negócios no mês de julho mesmo com temperaturas baixas

Por Redação/CBN-CG
10/07/2024 • 11h30
Compartilhar

O frio rigoroso que atinge Campo Grande neste mês de julho tem impactado as vendas no comércio, especialmente em lojas de roupas. 

A empresária Angélica Jacobi, proprietária de uma loja há quatro anos, relata que em momentos de temperaturas extremas, seja frio ou calor, o movimento cai consideravelmente, pois os consumidores preferem ficar em casa.

Para driblar essa sazonalidade e manter as vendas aquecidas, Angélica investe em estratégias criativas. "Em relação ao frio, intensificamos a oferta de produtos com tecnologia térmica, de marcas reconhecidas nacionalmente", explica.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A loja também oferece um ambiente mais aconchegante, com café, chocolate quente e bebidas quentes, além de entrega sem custo para os clientes. "Buscamos proporcionar o máximo de conforto para que o cliente se sinta à vontade para fazer suas compras", ressalta a empresária.

As estratégias adotadas por Angélica têm dado frutos. Em junho deste ano, as vendas da loja triplicaram em relação ao mesmo período de 2023. A perspectiva para julho também é positiva, com expectativa de aumento nas vendas em comparação ao ano anterior.

Segundo o vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Omar Aukar, este é um bom momento para os consumidores comprarem peças de inverno com preços mais competitivos. 

"Como as lojas já estão em liquidação, essa é uma oportunidade para quem busca roupas de qualidade a um custo menor", afirma. Aukar alerta que, com a inflação, os preços das peças de inverno devem subir no próximo ano.

Apesar do inverno ter chegado apenas no dia 22 de junho, as marcas já se preparam para a próxima estação. A partir de agosto, os lançamentos de peças para a primavera começarão a ser divulgados, dando aos consumidores uma ideia das tendências para a nova estação.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande