RÁDIOS
Campo Grande, 22 de maio

Gaúchos e descendentes que vivem em MS se unem em solidariedade ao RS

Primeiro CTG fora do Rio Grande do Sul, CTG Farroupilha é uma das entidades que se destaca na arrecadação de doações

Por Fernando de Carvalho
14/05/2024 • 16h00
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

A tragédia que assola o Rio Grande do Sul, com mais de meio milhão de pessoas desalojadas pelas chuvas e inundações, mobilizou os sul-mato-grossenses em uma grande corrente de solidariedade. Motivados por laços familiares, descendência gaúcha ou simplesmente pela compaixão humana, centenas de pessoas se unem para auxiliar a população rio-grandense.

Uma das entidades que se destaca na organização das doações é o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Farroupilha, sediado em Canmpo Grande. Desde o dia 6 de maio, o CTG já enviou 13 caminhões carregados de alimentos, água, roupas e outros itens de primeira necessidade para o Rio Grande do Sul.

Organizadoras da campanha do CTG Farroupilha Gabriela e Sirlei, organizadoras da campanha do CTG Farroupilha  - Foto: CBN-CG

A vice-patroa do CTG Farroupilha, Sirlei Golin, resume o sentimento que une os sul-mato-grossenses neste momento. "É o sentimento fraterno, é o sentimento da empatia, da compaixão, é o sentimento do coração sangrando com os nossos amigos, os nossos irmãos, porque a gente é de lá. O sangue que corre é o sangue gaúcho, é o sangue farrapo. Então, é o sentimento de embargo na voz, porque o coração está sangrando juntamente com eles, mas também de infinita gratidão a todos os voluntários", afirmou.

CBN: BANNER KAMPAI 03 14.05 A 31.05.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As doações arrecadadas pelo CTG Farroupilha, em parceria com a campanha Campo Grande e São Gabriel do Oeste, estão sendo direcionadas para locais de difícil acesso, onde a ajuda oficial ainda não chegou. A criadora da campanha, Gabriela Mariáh Maffisoni, destaca a importância de garantir que as doações cheguem às pessoas que realmente precisam.

"As doações estão indo para lugares específicos, que a gente tem contato diretamente com o pessoal de lá. Quando essas doações chegam, eles mandam vídeos, mandam fotos, porque essas doações vão chegar a quem realmente está precisando, que não está tendo acesso. Então, a gente está garantindo isso, porque têm alguns abrigos que não estão distribuindo {as doações civis}. E a gente está ciente dessas informações. Por isso a gente está procurando mandar para as pessoas, no caso os CTGs, que a gente tem contato direto."

Gabriela detalha que as necessidades dos desalojados e desabrigados mudam com o passar dos dias. "Neste momento estamos precisando de produtos de higiene pessoal, material de limpeza, cobertores e roupas íntimas para mulheres, homens e crianças", afirmou.

Na sede do CTG, cerca de 150 voluntários dedicam seu tempo, diariamente, para auxiliar no carregamento dos caminhões e na organização das doações no CTG Farroupilha. 

Mas, a partir desta terça-feira, as empresas transportadoras anunciaram que , diante do custo elevado (entre R$ 8 mil a R$ 10 mil por carreta) não conseguirão mais fazer o transporte gratuito das doações, desde MS até o RS. O Centro de Tradições Gaúchas Farroupilha já lançou uma campanha de arrecadação em dinheiro. Quem quiser ajudar pode buscar informações no CTG. (Veja abaixo)

Uma das voluntárias  é a estudante Isabela Rodrigues, que tem familiares na região afetada. "A minha família é do Sul, graças a Deus eles estão numa área que não foi afetada! Mas eu tenho muito amor pela cultura gaúcha, então eu tô aqui de bom coração ajudando. Eu gostaria de estar lá com eles ajudando, mas como eu não posso, eu tô aqui ajudando da maneira que eu posso mesmo", relatou.

Isabela não está sozinha. A história dela se repete em diversos lares sul-mato-grossenses, afinal em Mato Grosso do Sul, vivem dezenas de milhares de gaúchos, uma das maiores colônias fora do Rio Grande do Sul, conforme dados do IBGE. Essa forte ligação cultural e histórica criou um sentimento de irmandade que se traduz em ações concretas de ajuda.

SERVIÇO

CTG Farroupilha 1962 está localizado na Avenida Prefeito Heráclito Diniz Figueiredo, 930, no bairro Monte Castelo, na Capital.

Instagram  @ctgfarroupilha1962  @campanha.cg.sgo

WhatsApp 67 99619 9893


Confira abaixo a reportagem que foi ao ar na Rádio CBN Campo Grande.

CLIQUE AQUI e siga nosso canal de notícias no WhatsApp.

Para sugerir pautas ou enviar vídeos e imagens, 
salve nosso número 67 9932 3500

SAIBA MAIS

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande