RÁDIOS
Campo Grande, 18 de junho

MP deflagra operação para combater fraudes em licitação pública

Investigação descobriu ilegalidades na contratação de empresa responsável por organizar um concurso público em Douradina

Por Fernando de Carvalho
11/06/2024 • 08h30
Compartilhar

Na manhã desta terça-feira (11), o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), através do Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC) e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), em colaboração com a 1ª Promotoria de Justiça da comarca de Itaporã, lançou a "Operação Sommelier". A ação está cumprindo 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Douradina, Dourados, Itaporã e Florianópolis.

As investigações mostraram que havia uma fraude em uma licitação pública para contratar uma empresa responsável por organizar um concurso público para a Prefeitura de Douradina. Descobriu-se que servidores públicos e um empresário estavam trabalhando juntos para fraudar a licitação e desviar dinheiro público através de superfaturamento.

Durante o cumprimento dos mandados, foram encontrados cerca de duzentos mil reais em dinheiro. A operação teve o apoio da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e do GAECO do Ministério Público de Santa Catarina.

O nome "Operação Sommelier" foi escolhido porque a empresa contratada para realizar o concurso público era uma "fachada" e funcionava em uma loja de vinhos na capital do estado.

*Com informações do MPMS

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande