RÁDIOS
Campo Grande, 28 de fevereiro

Pesquisa do Procon Municipal encontra variação de 849% em preços de exames PSA

A pesquisa apontou a variação de preço do exame PSA livre e total, com o menor preço de R$ 9,90 e o maior preço de R$ 94,00.

Por Redação
30/11/2023 • 09h30
Compartilhar

O Procon de Campo Grande realizou nesta semana uma pesquisa para avaliar a variação de preços dos exames de PSA (Antígeno Prostático Específico), utilizados na detecção precoce do câncer de próstata. O objetivo foi verificar se havia variações significativas nos valores cobrados pelos laboratórios da cidade e o resultado da pesquisa foi de 849% nos valores comparando o menor e maior valor.

Durante a pesquisa, o órgão analisou os preços cobrados por diferentes laboratórios da Capital, levando em consideração a qualidade dos serviços prestados e a confiabilidade dos resultados. Foram pesquisados 13 estabelecimentos e coletadas informações detalhadas sobre os valores praticados.

Os resultados da pesquisa revelaram uma variação considerável nos preços dos exames de PSA na cidade. Alguns laboratórios apresentaram valores significativamente mais elevados em comparação com outros, o que levanta preocupações sobre a equidade no acesso aos exames. Obteve-se a variação de 849%, no preço do exame PSA livre e total, com o menor preço de R$ 9,90 e o maior preço de R$ 94,00.

CBN: BANNER CBN GUARUJA AGRO
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O câncer de próstata é uma doença que afeta milhares de homens em todo o mundo, e a detecção precoce é fundamental para aumentar as chances de tratamento bem-sucedido. O exame de PSA é uma das ferramentas utilizadas para identificar possíveis indícios da doença.

É importante destacar que em alguns casos, o laboratório pode estar realizando uma promoção apenas neste mês de novembro.

Com base nos resultados obtidos, o Procon Municipal pretende adotar medidas que promovam a transparência e a equidade na cobrança dos exames de PSA na cidade. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) enfatiza que durante todo esse mês de novembro intensificou as orientações e atendimento com um calendário de ações aos homens em toda a rede pública de saúde.

O órgão de defesa do consumidor também recomenda que os consumidores interessados em realizar o exame de PSA em clínicas particulares para detecção do câncer de próstata, pesquisem previamente os preços praticados pelos laboratórios e verifiquem a qualidade dos serviços oferecidos.

“A conscientização e o engajamento de todos são fundamentais para garantir que a detecção precoce do câncer de próstata seja acessível a todos os homens”, reforça o subsecretário do Procon Municipal, José Costa Neto.

*Com informações PMCG



 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande