RÁDIOS
Campo Grande, 26 de junho

Promotora de vendas denuncia importunação sexual em supermercado

Vítima repreendeu agressor que respondeu com ironia e disse que "gostava de apanhar"

Por Ingrid Rocha
23/06/2022 • 08h00
Compartilhar

Uma promotora de vendas de uma marca de iorgutes denunciou um funcionário de um supermercado por importunação sexual. O caso teria ocorrido no final da manhã dessa quarta-feira (22) no bairro Jardim Paulo Coelho e foi registrado no fim da tarde na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher estava em uma sala do estabelecimento com mais três funcionários quando o gerente do supermercado chegou, abraçou a vítima por trás e cheirou o pescoço dela. A mulher reagiu e repreendeu a atitude do homem e ele respondeu com ironia, dizendo que gostava de apanhar.

A vítima disse na delegacia que se sentiu ofendida e por isso registrou o boletim de ocorrência. O caso será investigado

Importunação sexual consiste em práticas e comportamentos que tenham como finalidade satisfazer o desejo sexual, como apalpar, tocar e lamber. A pena prevista é de 1 a 5 anos de reclusão.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande