RÁDIOS
Campo Grande, 22 de abril

PT junta os cacos

Os medalhões do partido desbloqueiam o diálogo para aparar as arestas e se unirem entorno de Camila Jara

Por Adilson Trindade, colunista CBN-CG
28/02/2024 • 11h00
Compartilhar

Diálogo desbloqueado. Foi assim a reação do deputado federal Vander Loubet para recuar da posição em defesa do apoio do PT à ex-deputada federal e atual superintendente da Sudeco, Rose Modesto, do União Brasil, para prefeitura de Campo Grande. Agora, ele e o deputado estadual Zeca do PT, deixaram as diferenças de lado e estenderam as mãos para a deputada federal Camila Jara.

Os dois decidiram apostar em Camila na disputa pela prefeitura, mesmo discordando da forma da escolha feita pelo partido. Na prática, o recuo de Vander e Zeca só aconteceu porque Rose não colaborou. Ela não respondeu a menhum aceno deles. Isso foi enfatizado por Vander, que tinha interesse de abraçar o nome de Rose junto com Zeca.

A falta de reação de Rose abriu o caminho para o entendimento no PT. "Havia um bloqueio no diálogo. Esse diálogo foi desbloqueado e a Camila será a nossa candidata a prefeita", justificou Vander à sua mudança de posição, depois da Rose não responder seus acenos.

CBN: BANNER 02 KAMPAI 11.04 A 30.04.2024 DIAS PARES
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas deixou uma brecha para, lá frente, o PT fechar aliança com partidos de outros campos ideológicos. Um desses partidos seria justamente o União Brasil de Rose Modesto por já estar no Governo Lula. 

E nessa confusão toda no PT, Camila venceu a queda de braço com os cardeais do partido. Ela bateu de frente com Vander e Zeca e até mobilizou a cúpula nacional do partidos e ministros para quebrar a resistência ao seu nome.

Confira na íntegra: 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande