RÁDIOS
Campo Grande, 21 de janeiro
29º C

Seca leva Governo a decretar emergência em 79 cidades de MS

Produtores rurais sofrem com a estiagem que prejudica soja e animais

Por Rosana Siqueira
03/01/2022 • 10h30
Compartilhar

Diante de uma estiagem severa, provocada pelo fenôneno climático La Niña, o Governo do Estado vai decretar estado de emergência em 79 municípios do Estado, a partir de amanhã. A informação foi repassada agora pela manhã em entrevista coletiva pelo governador do Estado Reinaldo Azambuja. Ele esteve reunido com os presidente da Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja), André Dobashi, e da Famasul Marcelo Bertoni, além do secretário adjunto da Semagro Ricardo Senna.

Azambuja destacou que atividades rurais como a suinocultura e avicultura estão sendo duramente afetadas pela seca assim como a situação das lavouras de soja do Estado. "Tem produtores que estão buscando caminhões pipa com água para abastecer as granjas em regiões do Cone sul", salientou.

Já a área plantada de soja que tem mais de 3,7 milhões de hectares também sofre prejuízos com a seca prolongada, segundo a Aprosoja e estão com o desenvolvimento comprometido.

O governador ainda salientou que na tarde de hoje, secretários de Agricultura de MS, Santa Catrina, Paraná e Rio Grande do Sul estarão reunidos no Ministério da Agricultura para buscar meios de ajudar os produtores dos estados que estão sendo prejudicados pela estiagem rigorosa.

Com o decreto, os produtores afetados pela estiagem este ano, podem fazer a renegociação das dívidas com os bancos e conseguir recursos com mais facilidade.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande