RÁDIOS
Campo Grande, 25 de junho

Servidores protestam, mas abono não é incorporado aos salários para 2020

Texto segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e deve ser publicado em Diário Oficial nos próximos dias

Por Gabriela Couto
01/06/2019 • 14h40
Compartilhar

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou, nesta semana, projeto que prorroga o abono salarial de até R$ 200 dos servidores por mais um ano. Com a presença de servidores no plenário, a votação bastante tumultuada.

Representantes do funcionalismo queriam a incorporação do abono ao salário, a partir de junho de 2020. Mas a emenda foi rejeitada por 11 votos a 6. O texto segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e deve ser publicado em Diário Oficial nos próximos dias. 

“Infelizmente nossa emenda não foi aprovada”. O servidor precisa dessa incorporação, disse o deputado Pedro Kemp. O líder do governo, José Carlos Barbosa (PSDB), disse que a emenda não mudaria o teor do projeto. “A matéria já está contemplada dentro da lei”, disse. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande