Paranaíba, 05 de agosto(67)99272-4655

Morto em execução era condenado por tráfico e homicídio

O caso é tratado em investigação da Polícia Civil como execução

Por Lucas dos Anjos e Talita Matsushita
18/10/2018 • 09h31
Compartilhar

Elivandro Pereira de Freitas, de 34 anos, morto a tiros por volta das 18h desta quarta-feira (17), na rua Warto Barbosa Moraes, bairro Jardim Karina, em Paranaíba, estava em liberdade havia dois meses, em regime semiaberto, no cumprimento de condenação por tráfico de drogas e homicídio. 

Segundo a Perícia técnica, ele levou nove tiros na cabeça e no peito. O caso é tratado em investigação da Polícia Civil como execução.

Vando ou D2, como era conhecido, era suspeito de participar do assassinato de um policial civil, em 2009, mas foi absolvido no caso. Ele também era suspeito de matar um ex-cunhado. 

Segundo o boletim de ocorrência, ele havia saído do mercado onde trabalhava e foi surpreendido por duas pessoas armadas, que estariam embaixo de uma árvore. Moradores vizinhos ouviram os tiros e avisaram a Polícia Militar. A motivação da morte ainda é desconhecida. 

O delegado responsável pelo caso, Francisco Antônio Moreira, dará coletiva sobre o homicídio ainda nesta quinta-feira.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS