RÁDIOS
Três Lagoas, 28 de fevereiro

Cascalheira será cercada, terá centro de convenções e acesso restrito

Não será permitida a utilização do espaço para a realização de churrascos e nem entrada de bebidas alcoólica

Por Ana Cristina Santos
10/02/2024 • 11h00
Compartilhar

O prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) autorizou nesta semana a ordem de serviço para a construção de uma guarita e também do cercamento da cascalheira em Três Lagoas. A obra foi orçada em R$ 1, 5 milhão e a empresa terá o prazo de 270 dias para concluir os serviços. 

A Cascalheira é um local de belas paisagens e de grande relevância biológica, que está localizada às margens do rio Paraná, em Três Lagoas. O projeto visa contemplar o panorama e fomentar o turismo, em Três Lagoas, com a criação do Parque Natural da Cascalheira. A área que compreende a Cascalheira é um local de lazer que muitas pessoas utilizam nos finais de semana, mas infelizmente, deixam lixo espalhados pelo recinto.

O Ministério Público Estadual chegou a mover uma ação contra a prefeitura para que o município tomasse providências e cuidasse desta área, que também serve de habitat natural para os animais silvestres.

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 23.02.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para preservar o local, a prefeitura decidiu cercar novamente a área e construir uma guarita para o controlar o acesso de pessoas no local. Segundo o secretário de Meio Ambiente, José Mauro de Grande Junior, o cercamento e a guarita fazem parte da primeira etapa do projeto.

Posteriormente, será construído um centro de convenções no local. O secretário adiantou que não será mais permitida a utilização do espaço para a realização de churrascos e nem entrada de bebidas alcoólicas, muito comum, principalmente aos finais de semana e feriados.

Em relação a prática de caminhadas e corridas em trilhas, algo muito comum diariamente na Cascalheira, o secretário disse que será permitida. “Isso vai continuar. A partir do cercamento não vamos permitir mais a entrada de veículos no local. Quem quiser ter acesso, terá que deixar o veículo estacionado e entrar a pé, seja para conhecer ou para a pratica de alguma atividade física, ou pesquisa”, adiantou o secretário.

Um problema que vem ocorrendo no local está relacionado a trilhas praticadas por motociclistas, pois segundo o secretário, a ação estava ocasionando o assoreamento das lagoas existentes na Cascalheira.

Ainda de acordo com o secretário, muito lixo é deixado no local pelas pessoas que fazem churrasco. “O intuito é preservar esse tesouro que temos, não vamos mais permitir entrada de veículos, som automotores, motos e churrascos no local. Temos que preservar nossa fauna”, destacou.

Veja a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas