RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de maio

Suzano recebe autorização para construir ferrovia em Mato Grosso do Sul

Empresa de celulose vai investir R$ 1,7 bilhão na construção de ferrovias

Por Ana Cristina Santos
25/01/2022 • 10h25
Compartilhar

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a empresa de celulose Suzano construir e operar ferrovia na região Leste de Mato Grosso do Sul pelo prazo de 99 anos. Serão 231 quilômetros de ferrovia ligando Ribas do Rio Pardo, onde está em construção mais uma fábrica da Suzano, a Inocência. O projeto, com investimento de R$ 1,7 bilhão, prevê ainda a construção de um ramal ferroviário de 24,7 quilômetros em Três Lagoas, onde estão as duas unidades da Suzano.

A ferrovia entre Ribas do Rio Pardo e Inocência será conectada com a linha férrea da Rumo. Um pátio de espera para despacho das mercadorias será construído com capacidade para 80 vagas de celulose.

De acordo com o projeto, os 231 quilômetros serão construídos em bitola larga, num investimento de R$ 1,6 bilhão. Já os 24,7 quilômetros do ramal que será construído entre as unidades da Suzano em Três Lagoas até a ferrovia da Rumo, prevê investimentos de R$ 170 milhões.

O projeto consiste em uma ferrovia com bitola mista com 1.800 metros de cumprimento, que será paralelo a BR-158. Um pátio adicional de manobras e despachos das composições será construído na área do armazém de expedição da fábrica.

Além da Suzano, a Eldorado Brasil também recebeu autorização para construir ferrovia entre Três Lagoas e Aparecida do Taboado, num investimento de R$ 890 milhões e a Ferroeste que também teve aval para ter a ferrovia, ligando Maracaju a Dourados, no valor de R$ 1,2 bilhão.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews