RÁDIOS
Campo Grande, 26 de junho

Investimento em cooperativas é saída estratégica contra a alta nos juros

Sem lucro, cooperativismo reverte a margem de segurança para os cooperados

Por Isabelly Melo
25/05/2022 • 15h00
Compartilhar

Recentemente o Banco Central elevou a Selic, taxa básica de juros, de 11,75% ao ano para 12,75%. Esse foi o 10º aumento seguido, com trajetória de alta iniciada em março de 2021. Para falar sobre os impactos dessas alterações para quem está começando a investir a Rádio CBN Campo Grande recebeu nesta quarta-feira (25) o presidente do conselho de administração do Sicoob Unique BR - Cooperativa de Crédito, José Eduardo Silveira dos Santos.

O presidente destacou que a inflação existe e que, neste momento, o melhor é procurar uma intuição cooperativista, já que entre a empresa e aplicação não há a “boca do leão’, que é o lucro e se destaca como grande diferencial das outras instituições financeiras.

“O lucro não é permitido no cooperativismo e no final de cada exercício essa margem de segurança é revertida ao dono do negócio, que é o cooperado. Então, não existe a possibilidade de uma instituição financeira concorrer com a gente”, destacou.

José Eduardo falou ainda sobre as novidades no atendimento aos cooperados e o crescimentos das cooperativas de crédito. Confira a entrevista completa:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande