RÁDIOS
Campo Grande, 19 de maio

PF apreende cartões "engomados" com cocaína em Corumbá

Entorpecente, que chega a custar R$ 80 mil no mercado ilegal, iria de Corumbá para Campo Grande

Por Rodolfo César, de Corumbá
25/01/2022 • 11h30
Compartilhar

Abordagem de rotina da Polícia Federal em Corumbá levou à descoberta de 4 kg de cocaína que iriam para Campo Grande. Chamou atenção dos policiais os recursos avançados utilizados para esconder o entorpecente em cartões de apresentação. O caso foi descoberto nesta segunda-feira (24). No mercado ilegal, a droga está avaliada em cerca de R$ 80 mil, segundo estimativa de autoridades.

A olho nu, não foi possível identificar que a droga estava em meio às folhas. O que os criminosos não conseguiram disfarçar foi o peso dos objetos, que acabam ficando mais pesados que os cartões comuns por conta da cocaína diluída.

Os policiais federais abordaram uma van de passageiros que ia para Campo Grande, nesta segunda (24). No veículo havia algumas encomendas, entre elas os cartões de visita, que tinham mensagens em inglês.

RCN 67 TODAS AS PAGINAS: BANNER RCN EM AÇÃO MUSSAK DE 02.03 A 01.06.2022
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ao revistarem o material, (os policiais) desconfiaram de seu peso e do acabamento, razão por que efetuaram teste preliminar de cocaína sobre os objetos, que reagiu positivamente. A técnica utilizada para encobrir o entorpecente é muito comum na região de fronteira, e consiste em ‘engomar’ o material com o entorpecente, ou seja, misturar a droga aos objetos através de processos químicos”, divulgou a Polícia Federal, em nota.

Como os policiais federais não conseguiram comprovação entre a encomenda e pessoas que estavam na van, não houve prisão. Não havia comprovação de propriedade nos pacotes.

Apesar disso, o material foi apreendido e vai passar por perícia em Campo Grande. Inquérito vai ser instaurado para aprofundar as investigações e tentar identificar a autoria do tráfico de drogas. 

A equipe de investigação também conta com denúncias para conduzir o inquérito. "A Delegacia da Polícia Federal em Corumbá mantém canal de denúncias anônimas através do email uip.cra.ms@pf.gov.br e do telefone 67 9 9202 8240. Caso saiba de informações sobre este ou outros casos de competência da PF entre em contato", divulgou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande