RÁDIOS
Campo Grande, 15 de julho

Taxa de desemprego em MS cai e chega ao patamar pré-pandemia

Estado tem o terceiro menor índice do país, segundo a pesquisa do IBGE

Por Giovanna Dauzacker
30/11/2021 • 12h30
Compartilhar

A porcentagem de pessoas desempregadas em Mato Grosso do Sul tem apresentado constante quedas ao longo de 2021. A taxa passou de 10,6% no primeiro trimestre, para 7,6% no terceiro, praticamente a mesma obtida no período entre julho e setembro de 2019, que foi de 7,7%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e colocam o Estado na terceira colocação entre as unidades federativas com menores índices do país.

Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, quando 11,8% dos sul-mato-grossenses estavam desocupados, a redução foi de 4,2 pontos percentuais. Já frente ao segundo trimestre deste ano, houve queda de 2,2 ponto percentual.

A taxa de pessoas fora da força de trabalho, ou seja, que não estavam nem ocupadas nem desocupadas, se manteve estável na comparação com o período anterior, mas caiu 10,2%, se comparada ao ano passado.

No Brasil, o índice de desocupação foi de 12,6% no terceiro trimestre, queda de 1,6 ponto percentual frente ao segundo trimestre deste ano e 2,2 pontos percentuais frente ao ano passado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande