RÁDIOS
Paranaíba, 16 de agosto

Ambulatório é desativado com diminuição de casos de Covid em Paranaíba

O ambulatório era responsável por oferecer atendimento a pacientes com suspeita e diagnóstico positivo da doença.

Por Alex Santos
29/07/2022 • 15h35
Compartilhar

Na quinta-feira (28), foi o último dia de atendimento da Central Covid de Paranaíba. É   que a partir desta sexta-feira, 29, o atendimento à pacientes suspeitos e positivados para a covid-19 será nas Unidades de Saúde, conforme comunicado da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a enfermeira Cynthia Mirella, por se tratar de uma doença respiratória de alto contágio, os pacientes sintomáticos deverão procurar atendimento no período da manhã, às 9h30, e no período da tarde,às 14:30.

A Central Covid-19 foi inaugurada no dia 13 de março de 2021, na Avenida Durval Rodrigues Lopes, antiga Farmácia Municipal, para receber pacientes com suspeitas e casos confirmados da doença.

A central substituiu o TeleCovid, serviço que era utilizado para tirar dúvidas e orientar a população sobre a Covid-19.

No final de dezembro de 2021, a prefeitura havia anunciado a desativação do ambulatório, alegando baixa procura e o número de novos casos reduzidos, porém, em janeiro deste a secretaria decidiu reativar a central, devido na época Paranaíba registrar alta no número de novos casos da doença.

A secretária de Saúde, Franciani Forni, destaca que a mudança tem relação com o baixo número de casos registrados da doença no municipio. Ela reforça ainda para que pacientes com sintomas de síndrome gripal procurem seu agente de saúde para agendamento atendimento nos postos de saúde.

Acompanhe:

 

Boletim Covid

Paranaíba registrou 35 casos novos de Covid-19 entre os dias 19 a 26 de julho, chegando ao total de 8.451 casos confirmados desde o início da pandemia. Os dados são do boletim semanal da doença divulgado pela secretaria estadual de Saúde (SES). Durante esse período o município não registrou nenhuma morte pela doença.

Em relação a Mato Grosso do Sul, o estado registrou 2.607 novos casos da doença, registrando uma queda no número de casos se comparado com o último boletim que apontou 3.485 casos.

Campo Grande registrou o maior número de novos casos, foram 1.019, seguido por Três Lagoas com 152 e Corumbá com 119. O levantamento mostra que 26 pessoas morreram em razão da doença. O relatório da semana passada aponta 19 óbitos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba