RÁDIOS
Três Lagoas, 22 de maio

Condutores com CNH C, D e E sem exame toxicológico podem ser multados

Contran instituiu um prazo até 28 de dezembro de 2023, para a realização do exame

Por Sidney Cardoso
14/11/2023 • 15h32
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

O exame toxicológico passou a ser exigido para os condutores com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) nas categorias C, D e E, a partir do ano de 2015 em Mato Grosso do Sul, por conta de uma liminar da Justiça Federal e da Legislação Trabalhista que foi incorporada ao Código de Trânsito.  

Esse exame que já era exigido para fins trabalhistas, agora passou a ser exigido no ato da obtenção ou renovação da CNH a cada dois anos, para os condutores com idade inferior a 70 anos, independentemente da validade dos demais exames já realizados.

O condutor que não fizer o exame toxicológico poderá ser multado com infração gravíssima. Em resolução publicada em 20 de outubro, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) reafirmou a exigência do exame no ato da renovação da CNH e instituiu um prazo até 28 de dezembro de 2023, para a realização dos exames periódicos ou chamados intermediários.

Saiba mais na matéria abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas