RÁDIOS
Três Lagoas, 13 de julho

Ipês começam a florescer e mudam cenário de Três Lagoas

Além dos ipês rosa, também é possível encontrar os roxos, amarelos e brancos

Por Any Galvão
18/06/2024 • 11h52
Compartilhar

Quem anda pelas ruas de Três Lagoas tem notado que os ipês já estão florescendo, cobrindo a cidade com flores e transformando o cenário em belas paisagens. Esse processo de floração não ocorre apenas na Primavera; durante a transição entre Outono e Inverno, os ipês florescem, trazendo cor e vida ao período de estiagem.

A dona de casa Célia Corrêa considera esta uma das épocas mais bonitas do ano. “Nessa época seca, fica lindo as árvores floridas. Eu acho muito bonito os ipês”.

O corretor de imóveis João Ataíde acredita que a cidade deveria ter ipês em todos os cantos, tamanha é a beleza que eles proporcionam. “É muito bonito. Na avenida Eloy Chaves tem bastante. Deveriam plantar mais ipês na cidade como na avenida Capitão Olinto Mancini, na Rosário Congro e na avenida Jamil Jorge Salmão, que é caminho para o balneário municipal”.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os ipês são comuns no Cerrado, mas também podem ser encontrados no Pantanal e na Mata Atlântica, onde apresentam variações na casca, folhagem e na intensidade das cores. Há cerca de 100 espécies diferentes espalhadas pela América Latina.

O pesquisador em botânica e professor de biologia na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Climbiê Hall, explica que os ipês florescem justamente durante este período do ano.“O ipê é uma espécie muito adaptada ao Cerrado. Durante a época de floração, elas perdem todas as folhas, aproveitando o ciclo natural do inverno seco. Quando a árvore está totalmente sem folhas, ela floresce, destacando suas flores e facilitando a atração dos polinizadores. Como poucas plantas florescem no inverno, há pouca competição por esses polinizadores. Diferentes espécies de abelhas são os principais polinizadores, embora ocasionalmente borboletas e beija-flores também possam visitá-las”.

De agora até outubro, será comum ver ipês carregados de flores pelas ruas. Neste momento, Três Lagoas está tomada por uma onda rosa, predominante devido ao florescimento dos ipês desta cor. Além dos ipês rosa, também é possível encontrar outras variedades na cidade, como os roxos, amarelos e brancos.

Essas espécies seguem um calendário bem definido para o florescimento. Até agosto, é a vez dos ipês rosa e roxo. Entre julho e outubro, florescem os ipês amarelos. E em agosto, por um curto período, é a vez dos ipês brancos. As flores geralmente permanecem nas árvores por, no máximo, dez dias, e cada árvore floresce apenas uma vez por ano.

Após a floração, surgem os frutos, que são pequenas sementes facilmente espalhadas pelo vento. Alguns animais podem se alimentar desses frutos, embora isso não seja muito comum.

Segundo o professor Hall, os ipês, assim como todas as outras espécies, merecem ser admirados e preservados. "O ipê tem a vantagem de ser uma espécie nativa, muito bem adaptada ao clima da região. Isso facilita seu plantio em Três Lagoas. Além disso, o ipê apresenta uma beleza ímpar, especialmente no período mais seco, unindo a adaptabilidade e a beleza."

Veja a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas