RÁDIOS
Campo Grande, 25 de fevereiro

Bacia de amortecimento no Parque das Nações Indígenas será concluída em dezembro

Mais de 25 operários trabalham na obra, que custou R$ 5,5 milhões para conter enchentes na Capital

Por Fernando de Carvalho
02/11/2023 • 10h00
Compartilhar

A bacia de amortecimento do córrego Reveilleau, localizada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, está em fase de conclusão. A obra, que tem previsão de ser entregue em dezembro deste ano, é a maior para a prevenção de inundações na cidade.

A bacia terá capacidade para reter até 40 mil metros cúbicos de água da chuva, o que ajudará a evitar o transbordamento do córrego e, consequentemente, o alagamento das avenidas Via Park e Afonso Pena.

A obra está sendo construída com o sistema de gabião, que é mais durável que o sistema tradicional, feito de concreto. Além disso, a bacia terá muros de até 4 metros de altura para regular o fluxo de águas pluviais que vêm de bairros localizados acima da bacia, como Carandá Bosque, Mata do Jacinto, Danúbio Azul e Vila Nascente.

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Domingos Sahib Neto, afirma que a bacia de amortecimento é mais uma medida fundamental para enfrentar o crônico problema de enchentes em pontos críticos na cidade.

*Com informações da Agência de Notícias da PMCG

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande