RÁDIOS
Campo Grande, 16 de agosto

Economista Alexandre de Barros abre rodada de palestras e debates no Fórum RCN de Economia

Evento discute sobre o mercado econômico mundial, em Campo Grande

Por Kelly Martins/Lígia Sabka
28/06/2022 • 14h45
Compartilhar

A balança comercial da agricultura mundial foi a abertura do palestrante Alexandre Mendonça de Barros, especialista na área e participante do 1º Fórum RCN de Economia. O evento ocorre na tarde desta terça-feira (28), em Campo Grande. Barros contextualizou as exportações mundiais a partir da década de 90 quando os EUA respondiam pela maior fatia desse bolo, com US$ 19,4 bilhões exportados. Já o Brasil, exportava US$ 7,1 bi em grãos. Depois de 20 anos, os EUA apresentaram déficit de U$ 16,3 bilhões e o Brasil um superávit de U$ 77,3 bilhões.

O economista alertou para a análise de mercado baseada apenas em valor agregado de produto. Ele citou o caso da Argentina, que tentou agregar valor a soja para aumentar o volume de exportações sem analisar o interesse do maior importador: a China. “O chinês não queria farelo e óleo, ele queria o grão. E os argentinos taxando o grão para estimular a agregação de valor de farelo e óleo, ficaram de fora da história chinesa. E nós [Brasil] saímos de nada de exportação de soja na década de 90 para 90 milhões de toneladas no ano passado e, nos transformamos no maior produtor de soja do mundo. Vamos abrir uma distância razoável dos americanos”, analisou.

O evento reúne 600 pessoas, no Aliançados Arena, na capital morena. Depois de apresentar dados de várias culturas, Barros deixou um recado importante sobre segurança alimentar, desenvolvimento de capital humano, investimento em tecnologias e logística para Mato Grosso do Sul e o país.

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande