RÁDIOS
Campo Grande, 19 de julho

Guilherme Filho marcou história da CBN Campo Grande

Ícone do jornalismo sul-mato-grossense é considerado divisor de águas dentro do Grupo

Por Marcus Moura
01/12/2021 • 11h39
Compartilhar

Em 27 de janeiro de 2020 era iniciado um novo ciclo dentro do Grupo RCN de Comunicação com a chegada do mestre do jornalismo sul-mato-grossense, Guilherme Filho. Uma das personalidades mais marcantes que passaram pela CBN Campo Grande nestes quatro anos de existência e que moldou a forma de se pensar o jornalismo.

Celebrar Guilherme Filho é uma das formas de manter vivo o legado dele dentro da CBN. Vítima da Covid-19, partiu cedo demais aos 64 anos, mas deixou ensinamentos que serão levados para a vida.

Gui, como era carinhosamente chamado pela redação, era um profissional admirado e respeitado. Quem o conhecia mais de perto percebia de cara que o profissionalismo não era protagonista único da sua personalidade, ele também tinha uma simpatia sem igual. Gentil e carismático, tinha consciência de ensinar e aconselhar os colegas mais novos, sem nunca abrir mão da humildade.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Era amante do jogo político, conhecia como poucos os bastidores do poder. Durante a vida pública, ocupou diversos cargos como o de secretário de comunicação do governo do estado e também da Capital, além de ter sido o editor-chefe mais jovem da história do antigo Diário da Serra. Dono de comentários certeiros e muito críticos, era presença marcante no quadro Opinião CBN.

Neste dia de comemoração agradecemos ao mestre Guilherme por toda bagagem compartilhada com a redação. Um grande abraço e até algum dia!

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande