RÁDIOS
Campo Grande, 28 de fevereiro

Operação da PF contra o tráfico internacional de drogas cumpre mandados em MS, MT, PR e RJ

Comando da organização criminosa era sediado em Dourados e tinha ligação com facções criminosa, segundo as investigações

Por Redação CBN-CG
08/12/2023 • 15h00
Compartilhar

Policiais Federais, com apoio da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai, cumpriram 21 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão temporária, nesta sexta-feira (8), nas cidades de Dourados, Ponta Porã e Guia Lopes da Laguna, em Mato Grosso do Sul; em Araruama e Maricá, no Rio de Janeiro; em Cambé, no Paraná, e em Feliz Natal e Paranatinga, em Mato Grosso.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande-MS, na Operação Sanctus, com o objetivo de desarticular organização criminosa ligada ao tráfico internacional de drogas, a lavagem de dinheiro e a facções criminosas.

Em nota, a superintendência da Polícia Federal de MS informa que "as investigações tiveram início em outubro deste ano e, com seu avanço, foram identificados os líderes da organização criminosa  sediada na cidade de Dourados, cujo comando é exercido por dois irmãos, ambos com histórico de ligação em apreensões de droga e com lideranças de facções criminosas".

CBN: BANNER CRESOL ATÉ 29.02.2024 ATUAL. 08.02
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. As investigações revelaram que a organização entrava no Brasil com drogas escondidas em pneus de caminhões de carga, a partir da cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Os veículos trafegavam com produtos lícitos para não chamar a atenção e tinham como destino o interior do Paraná e, de lá, o Rio de Janeiro.

A Polícia Federal também divulgou que "os investigados promoviam a lavagem de capitais por meio de uma rede de pessoas e empresas, para os quais remetiam e recebiam grandes quantias de valores em espécie por meio de depósitos em terminais de autoatendimentoO esquema conta ainda com a ocultação patrimonial de empresas e imóveis, cuja propriedade formal está em nome de laranjas, testas de ferro e, no caso dos imóveis, em nome de seus antigos proprietários", informou a PF.

*Fotos divulgadas pela PF/MS

 

Clique aqui e acesse também nosso canal do Whastapp

É a CBN CG mais perto de você, com a garantia de privacidade.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande