ECONOMIA

Ilumina Pantanal será apresentado aos americanos

Azambuja terá encontro virtual com ex-governador Arnold Schwarzenegger.

Por Rosana Siqueira
29/07/2021 • 09h00
Compartilhar

A passagem do ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque pelo Estado ontem foi marcada por momentos de emoção para os ribeirinhos do Pantanal que receberam energia elétrica e algumas polêmicas e a crise hídrica que assola o País. Além disso a possibilidade de MS ter a energia térmica mais cara do País gerou várias discussões.  
Uma das maiores novidades do dia veio do governador de MS, Reinaldo Azambuja que destacou que o programa será apresentado em encontro virtual para os americanos. O governador  vai representar o Centro-Oeste em encontro virtual com outros chefes estaduais de Executivo e o principal "negociador" dos Estados Unidos na temática ambiental, o ex-senador John Kerry. Também deve participar do encontro o ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger.

"Vamos ter essa reunião com o John Kerry e com o ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, e eu fui escolhido para falar pelo Centro-Oeste. Outros governadores vão representar outras regiões para falarmos sobre questões do aquecimento global", diz.

Azambuja salientou ainda revela que será apresentado a contribuição brasileira para solucionar tais problemas e o que mais os estados podem oferecer, além de cobrarem uma contrapartida de países desenvolvidos para também contribuírem na sustentabilidade. 

Programa

No Pantanal o ministro elogiou o programa que muda a vida da população levando mais conforto e sustentabilidade econômica a população. O Ilumina Pantanal, projeto integrado do Governo do Estado, Ministério das Minas e Energia e Energisa, promove a universalização energética em um dos ecossistemas mais preservados do planeta.

O governador disse que a chegada do insumo energético é “uma dádiva sonhada” e um “ganho para todos nós, para Mato Grosso do Sul e principalmente para o homem e a mulher pantaneiros”.
Reinaldo Azambuja destacou a parceria com o governo federal e com a Energisa, fundamental para viabilizar o Ilumina Pantanal, e ressaltou que o investimento se soma ao grande programa de obras de infraestrutura que o Governo do Estado executa na região, com abertura de estradas e portos. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Economia

VEJA MAIS