RÁDIOS
Três Lagoas, 27 de maio

A Semana do Trânsito

Leia o editorial do Jornal do Povo, da edição deste sábado (13)

Por Redação JPNews
13/04/2024 • 07h09
Compartilhar

A partir da próxima segunda-feira (15), tem início a Semana Municipal do Trânsito, que objetiva conscientizar condutores de veículos a observarem as normas estabelecidas para o trânsito nas ruas da cidade.

Aqui em Três Lagoas o trânsito não vive tempos de congestionamento. Mas, as blitzes policiais têm identificado um grande contingente de condutores de veículos automotores sem a indispensável Carteira Nacional de Habilitação, que para ser obtida submete o pretendente a exames de conhecimento sobre as leis do trânsito, além de teste psicológico.

Aqueles que desrespeitam a legislação de trânsito e se aventuram sem qualquer temor a trafegar pelas ruas da cidade devem ser reprimidos, pois, passam a ser alvos de si próprios quando causam acidentes que redundam em graves ferimentos e até incapacidade física ou morte como a que se registrou nesta semana que finda de um motociclista quando ao fazer repentinamente uma conversão na BR-158, nas imediações do shopping de Três Lagoas, foi colhido por uma carreta.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pressa e a velocidade aliada ao despreparo para conduzir motocicletas são causas constantes de acidentes gravíssimos que se registra no nosso dia a dia. É indiscutível que se impõe uma ação enérgica com caráter punitivo a motociclistas e ciclistas em geral, que não pensam duas vezes para avançar o sinal vermelho e continuar seguindo em condução perigosa.

Para agravar durante o período noturno geralmente, porque não utilizam sinalização noturna, tornam se invisíveis diante dos olhos de muitos motoristas os quais são surpreendidos na maioria das vezes por bicicletas que transitam na contra mão de direção. Não satisfeitos, atribuem quando são quase atropelados culpa ao motorista do veículo.

O Departamento Municipal de Trânsito com as patrulhas de fiscalização no trânsito da Prefeitura deve agir com mais rigor contra estes ciclistas e motociclistas, além de conscientizá-los sobre as infrações que cometem. E, educativamente, deveriam apreender motos e bicicletas, inclusive, as motorizadas, a fim de que aprendam lições para um trânsito com mais segurança. E, então, só liberar as apreensões feitas, após um curso intensivo de educação no trânsito.

Outra questão grave, e que precisa ser fiscalizada com mais atenção, é a condução de bicicletas elétricas pelas ruas de Três Lagoas, as quais sem indicador e dispositivo limitador de velocidade, campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e dos pedais e sem espelho retrovisor, conforme preconiza a lei. Transitam nas vias da cidade e sequer são fiscalizados. Para agravar, não raras vezes, se vê mães transportando dois e até três filhos de uma só vez, empoleirados em uma bicicleta elétrica. É preciso que se eduque, conscientize, mas também que se puna com o objetivo da preservação da integridade física dessas pessoas.

A legislação precisa ser cumprida já que para se conduzir bicicletas elétricas, além de emplacamento e habilitação, se faz necessário que o condutor utilize capacete moto ciclístico com viseira ou óculos de proteção, além da exigência caso não tenha CNH categoria “A”, que determina a obtenção de Autorização para Condutor Ciclomotor.

A Semana Municipal de Trânsito será em vão, caso não sejam adotadas ações enérgicas. Contemporizar essa situação é indicador de que mais vidas serão ceifadas e mais acidentes continuarão a mutilar pessoas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas