RÁDIOS
Três Lagoas, 24 de abril

Por que 1° de abril é o dia da mentira?

A origem dessa data é incerta e há várias teorias

Por Any Galvão
01/04/2024 • 09h49
Compartilhar

O dia 1° de abril é conhecido como o Dia da Mentira. A origem dessa data é incerta e há várias teorias. Uma das explicações mais populares vem da França, no século 16, relacionada à adoção do calendário gregoriano. Naquela época, o Ano Novo era celebrado no final de março até abril, marcando o fim do inverno e o início da primavera no continente.

Segundo a lenda, aqueles que se esqueceram da mudança ou se recusaram a aceitá-la, continuando a celebrar o Ano Novo no final de março ou início de abril ao invés de janeiro, foram ridicularizados e apelidados de "tolos de abril", originando assim o Dia da Mentira.

Porém, por trás dessa brincadeira, existe um alerta sério sobre os perigos da mentira para a saúde mental. A mentira, como destaca a psicóloga Gesiane Miyashiro, é uma distorção da realidade que pode ocorrer diariamente. No entanto, enquanto neste dia é comum as pessoas pregarem peças ou fazerem brincadeiras contando mentiras ou espalhando notícias falsas, é importante reconhecer que o que pode ser uma simples brincadeira para alguns, pode ser prejudicial para outros, especialmente para aqueles que têm o hábito de mentir compulsivamente.

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 27.03.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

É importante entender que a mentira, além de ter "pernas curtas", é um comportamento viciante e pode se tornar um problema mais sério, como a mitomania. Por isso, desde cedo é essencial aprender a valorizar a honestidade e sempre dizer a verdade.

Confira a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas