Três Lagoas, 26 de setembro
28º C
(67) 99229-0519

Primeiro escalão da prefeitura tem prazo de 90 dias

Leia a coluna Observatório da edição do Jornal do Povo deste sábado

Por Redação
09/01/2021 • 08h06
Compartilhar

PRAZO 
Assim como no primeiro mandato, o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), deu um prazo de 90 dias para que os secretários nomeados para o segundo período, apresentem resultados positivos nos respectivos cargos.

ESPAÇO
Os ex- vereadores Antônio Rialino e Celso Yamaguti foram nomeados secretários de Esporte e Meio Ambiente, respectivamente. O ex- vereador Luiz Akira também foi investido em um cargo de confiança na gestão de Ângelo Guerreiro. Luiz foi nomeado diretor do Procon, no lugar de Adenaldo Nunes, que será remanejado para outra função da administração municipal.
EM PAZ
Guerreiro fez questão de declarar que deverá haver uma boa harmonia entre Legislativo e Executivo em Três Lagoas nos próximos quatro anos. É que Guerreiro contará com o apoio de, pelo menos, 13 vereadores.

CULTURA
O historiador Rodrigo Fernandes não retornou ao cargo de diretor de Cultura após as eleições de 2020.  Até então, Rodrigo era diretor do departamento, mas desincompatibilizou do cargo para concorrer uma vaga de vereador, mas não teve êxito em conquistar uma vaga no Legislativo.
  
ONLINE
As aulas na rede estadual de ensino em Mato Grosso do Sul começam dia 1º de março, ainda, no sistema online, a distância. Quando o cenário da pandmeia mudar, os alunos poderão voltar a frequentar as salas de aulas.

APOIO
A senadora Simone Tebet (MDB/MS) poderá ter o apoio do PSDB e Podemos na disputa pela presidência do Senado. O grupo tem 17 senadores.  O PSDB, Podemos e s siglas menores conseguiriam obter 20 votos para Simone, que se somariam aos 15 do próprio MDB. A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado teria em torno de 35 votos, mas precisaria de outros seis para vencer. Simone segue otimista, mas não contaria com o voto do colega Nelson Trad (PSD/MS).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS