Três Lagoas, 26 de setembro
28º C
(67) 99229-0519

Tabuleiro de xadrez já começa a se desenhar para as eleições

Leia a coluna Observatório da edição do Jornal do Povo deste sábado

Por Redação
05/06/2021 • 07h35
Compartilhar

DISPUTA 
O tabuleiro de Xadrez já começa a se desenhar para as eleições de 2022 na disputa pelo governo de Mato Grosso do Sul. O PSDB praticamente já definiu por Eduardo Riedel, atual secretário de Infraestrutura do governo estadual. O PT nunca deixou passar o processo eleitoral batido e sempre lançou candidato. Para a próxima eleição se fala em Zeca do PT, ex-governador.

O MDB tem duas opções: André Puccinelli ou Simone Tebet, essa por sua vez, já declarou que pretende disputar novamente o Senado.  Por outro lado, a única vaga ao  Senado estará mais que concorrida, pois, além de Simone, a ministra Tereza Cristina (DEM) também deve tentar a vaga, assim como o próprio governador Reinaldo Azambuja. Mas, a disputa por essa única vaga ao Senado passará por uma série de negociações e possibilidades envolvendo outros cargos e acomodações políticas.

 VICE
Há quem diga que a ministra da Agricultura Tereza Cristina poderá ser vice na chapa de Jair Bolsonaro, que tentará a reeleição.

DEPUTADO 
Além de Eduardo Ridel que deve disputar o governo do Estado nas eleições deste ano, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jaime Verruck, também deve participar do pleito eleitoral em 2022, disputando uma vaga para Câmara Federal. Jaime  sempre foi considerado do quatro de bons técnicos do governo e agora tentará um cargo político.

ARTICULAÇÕES 
Embora esteja longe ainda, mais o tabuleiro de xadrez também já começa a ser movimentado para a disputa de 2024, em relação a disputa da Prefeitura de Três Lagoas. O atual prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) já declarou que vai permanecer os quatro anos à frente da prefeitura. Em 2024, não poderá disputar o cargo novamente. Com isso, as articulações em torno de alguns nomes já começaram. Alguns grupos tem surgido na tentativa de viabilizar alguma nova liderança para o posto de chefe do Executivo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS