TRÊS LAGOAS

Três Lagoas, 05 de agosto
22º C
(67) 99229-0519
JPNEWS: SENAR PI 1507

Venda de bebida é proibida e PM estará de prontidão

PM preparou um plano de ação para garantir que o processo eleitoral ocorra dentro da normalidade

Por Ana Cristina Santos
06/10/2018 • 07h00
Compartilhar

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) decidiu que haverá sim a “lei seca” em Mato Grosso do Sul neste domingo (7), dia de eleição. Das 3h às 17h estará proibido o consumo de bebidas alcoólicas em estabelecimentos comercias como bares e restaurantes.

Durante a semana, o TRE chegou a informar os promotores eleitorais de que não haveria a “lei seca” no Estado. No entanto, houve divergências entre os desembargadores. Alguns concordavam com a proibição, outros não. Alguns chegaram a dizer que os comerciantes poderiam sofrer prejuízos com a queda no movimento. 

“A medida é para evitar transtornos nas seções eleitorais como brigas ou mesmo confusões quanto a sala de votações”, explicou o vice-presidente do TRE, desembargador João Maria Lós.

A novidade deste ano é que os restaurantes estão liberados entre às 11h30 e 14h30 a deixar o cliente comprar e consumir dentro do estabelecimento. 

A venda de bebidas em supermercados e conveniências, no entanto, está liberada desde que o consumo ocorra em casa.  “Trata-se de uma contravenção por embriaguez, o que é crime eleitoral já que pode trazer transtornos a eleição”, disse.

PM DE PRONTIDÃO
O 2º Batalhão da Polícia Militar de Três Lagoas preparou um plano de ação para garantir que o processo eleitoral ocorra dentro da normalidade para este domingo.

De acordo com o comandante do batalhão, em cada local de votação haverá policiais durante todo o dia. Para isso, todo efetivo foi convocado, bem como uma escala extra.

Durante a semana, os policiais participaram de uma reunião com as promotoras eleitorais da cidade para receber orientações do que é permitido e proibido no dia da votação. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas

VEJA MAIS