RÁDIOS
Três Lagoas, 30 de junho

Golpistas fazem vítimas em Três Lagoas e prejuízo é de R$ 13 mil

No primeiro caso, uma vítima perdeu R$ 11 mil na compra de uma motocicleta

Por Henrique Neto
23/06/2022 • 15h50
Compartilhar

Mais dois casos de estelionato foram registrados, em Três Lagoas. Os golpistas têm atuado de diversas formas na região e feito vítimas. Em um dos casos, uma pessoa teve prejuízo de R$ 11 mil ao tentar comprar uma motocicleta, na quarta-feira (22).  

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima tem 40 anos e mora na cidade de Araçatuba (SP). Ele procurou a Polícia Civil informando que negociou uma motocicleta através de um anúncio nas redes sociais, com uma pessoa identificada como sendo Felipe Amorim. O veículo é uma Honda Biz 2022, cor prata, e a pessoa se passou como proprietário da motocicleta.

Na quarta, a vítima veio da cidade de Araçatuba até Três Lagoas para comprar a motocicleta. Ele  marcou de ver a moto em frente a um despachante, onde supostamente o “Felipe” teria dito que seu sogro estaria lá com o veículo. 

JPNEWS: BANNER SICOOB NOSSO DE 06.04 A 05.07 - BONIFICAÇÃO PI 131.73
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O araçatubense se deparou com o real proprietário da motocicleta, porém, ele alegou que não havia vendido a moto. O problema é que ao ver a motocicleta, a vítima mandou o valor de R$ 11 mil via PIX para o golpista. Quando a vítima foi pegar a moto, o proprietário alegou que não sabia de nada e que não estava vendendo a moto.

Já o outro caso, a vítima foi um idoso, de 71 anos, que é morador da área central de Três lagoas. Ele foi enganado pelo estelionatário em um golpe aplicado pelo WhatsApp. O idoso perdeu R$ 2.420 e pensou que teria depositado para a filha, pois o número seria dela. No entanto, ao verificar com ela sobre o valor solicitado, acabou descobrindo que foi vítima de bandidos que clonaram o WhatsApp da filha.

O idoso disse à polícia que estava em sua residência quando recebeu via Whatzapp uma mensagem (supostamente de sua filha) para que o mesmo enviasse uma quantia em dinheiro para ajudar no pagamento de um telefone celular que ela supostamente havia comprado. Acreditando ser sua filha, de imediato atendeu a solicitação do envio do dinheiro que foi efetuado via PIX.

A vítima disse ainda que o golpista que se passou por sua filha enviou a mensagem dizendo para enviar o dinheiro diretamente para a conta, que supostamente seria da dona do celular, pois, faltava apenas esse valor para completar o total.

Posteriormente, a vítima recebeu outra mensagem pedindo mais uma quantia em dinheiro. Dessa vez, no valor de R$ 6 mil, alegando que precisaria pagar cartão de crédito. Ocasião em que a vítima percebeu ter caído num golpe e que a pessoa que estaria conversando não seria de fato sua filha. Só neste momento, a vítima realizou uma ligação para a filha, que informou não ter solicitado nenhum valor em dinheir

O fato foi registrado na Polícia Civil, que investiga ocaso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews